quarta-feira, 11 de julho de 2012

SOBRE A AGRESSIVIDADE - com Ionan Ferreira Santos



Meu querido amigo e colega Ionan Ferreira Santos acabou de concluir o curso de Psicologia comigo, e já é formado em Direito há bastante tempo, mas escolheu não trabalhar na área. O seu trabalho de conclusão de curso foi sobre Noção de Agressividade em Psicanálise, tema interessantíssimo e bastante relevante aos estudiosos e interessados na subjetividade. 

Suas palavras sobre o assunto:

"Segundo a Psicanálise, a agressividade é constituinte dos seres humanos e existe, independentemente, da vontade deles. Para Freud, a agressividade aparece mediante provocação e se disfarça de múltiplas maneiras. A intenção de agredir é uma das diversas manifestações da agressividade e se encontra em uma das cinco teses de Jacques Lacan.
Para Sigmund Freud, a agressividade está ligada a pulsão de morte e a destrutividade (de si ou do objeto). Por outro lado, Lacan correlaciona agressividade com narcisismo. Ele nos ensina que ambos se apresentam como dois lados da mesma moeda. Ou seja, quando o narcisismo é arranhado aparece a agressividade do sujeito.
Em Freud, a sexualidade é perverso-polimorfa. E assim, a agressividade também se faz presente nas relações sado-masoquistas, pela via do erotismo, cujo investimento libidinal da pulsão sádica se destina na destruição do objeto. 
Como já dizia Freud, a agressividade é constituinte do ser humano. O problema consiste no que fazer com ela. E isto tem a ver, primeiramente, com o histórico de vida do sujeito, a primeira infância, o complexo de Édipo, a entrada na sexualidade. 
Como já citado anteriormente, nos ensinamentos de Lacan, a agressividade tem a ver com o narcisismo do sujeito, que é constituído pelo "eu ideal", o "ideal do eu" e o estádio do espelho, ou seja, de como o sujeito se vê através do Outro.
A psicanálise nos ensina como a pulsão agressiva opera no sujeito, e fora dele. 
Quando a agressividade é canalizada de maneira positiva, presenciamos múltiplas contribuições a favor da civilização e da evolução da humanidade."  

Obrigada amigo, por compartilhar o saber!

E aí pessoal, que pensam sobre a agressividade?

Contribuam!




Um comentário:

  1. Ionan Ferreira Santos11 de julho de 2012 07:41

    Olá Taoana!!! Foi um enorme prazer contribuir com o seu blog!!! Conte comigo sempre que precisar!!! Beijos no coração!!! Nanan

    ResponderExcluir